Nevero de sierra nevada

NEVERO  DE  SIERRA  NEVADA
EN  LA  FUENTE  DEL  AVELLANO

2001 - 2008
78 X 61 cm.


Em tempo de "mudanças climáticas", janeiro despertou e está nevando!
A calagem da parede compete pela intensidade da luz com a reflexão proporcionada pela neve. Sinto-me fresco, não tenho sede, me convida a descansar.
Deitada sobre ele, a neve cobria seu corpo com um terno adornado com detalhes, lenço e chapéu tradicional. O bastão de "comando", antes da defesa, tornou-se ajuda para percorrer estradas. Correaje ao cinto algo negligenciado ao fechamento. Franzindo a sobrancelha, observador atento e cansado.
A sua tarefa é escalar a montanha e transportar a neve, no jumento, para as casas, porque o bar de gelo ou a geladeira ainda estão longe.
Já na cidade, rodeia a sua vida. Ao lado da fonte da aveleira cai na forma de um jato que alivia a besta ou o conterrâneo, e com o excesso embebe a pedra e umedece a canção.
Trabalho ao vivo, é luz e água.

     Dr. Abad

.
.
.
238