Desnudo

DESNUDO
1993
64 X 50 cm.

                                                                                                                             
Como se sente ao ver este trabalho? Tudo
Não passa despercebido porque envolve a tradução de muitos sentimentos. Como isso chama nossa atenção, devemos decidir o que somos capazes de parar e observar.
À primeira vista, duas chamadas, sua cor intensa e uma mulher.
Eu tenho que admitir que a coisa mais maravilhosa neste trabalho é o diálogo que é estabelecido entre a figura e a cor em si. Minha vantagem é ter conseguido entrar na comunicação das cores.
Esse é o desejo de quem vive a pintura no dia a dia. Para "entender" um trabalho, você precisa conversar com ele.
Ela está lá.
Nosso primeiro pensamento, comentário ou observação. O que tem sido? Com um nu ainda podemos ter modéstia para reconhecê-lo, mas é lindo, notável, um desejo, sua intensa vitalidade. Olhando para você revela beleza, sua harmonia. A cor define BELEZA.
As imagens, por outro lado, também são recriadas com ele.
E essas imagens são observadores de uma realidade que foi desejo antes. Nós somos parte deles sem perceber, vamos aproveitar o seu chamado. Não há mais palavras.
Vamos voltar aos nossos sentimentos.

MONCHOLC, até hoje. Pág: 82.
                Dr. Abad

.

.
219