Alfareria

ALFARERIA
1998-2001
55 X 77 cm.


Tardes de família
Até mesmo uma gaivota encontrara seu lugar amaldiçoado pelos patos.
PALM porte real, data como valorizada deserto iguaria em contraste com esta verjel, suas folhas, cobertas para chegar ao branco e dourado, são enriquecidos com o homem de mão para o Domingo de Ramos, como são todas as peças que transporta protagonista do nosso trabalho, um burro adornado, como
foi o companheiro de Sancho, hoje protegido do desaparecimento.
O título nos apresenta a arte de fazer panelas de barro, moldadas em um torno com as mãos e nos diz a posição de venda. Ainda hoje, em algumas cidades da nossa geografia, o jumento transita carregado de peças como uma amostra de seu caráter itinerante.
Ele nos aproxima para examiná-lo, como um bom comerciante nos atrai com a riqueza de ornamentos e a variedade de seus objetos.
Como se fosse um vidro, o chão nos faz mostrar, e à medida que nos aproximamos, milímetro por milímetro, há uma mensagem de luz e cor que nos leva a entregar tempo sem medida.

                 Dr. Abad.

.
.
.
228